• (11) 3522-9515

Já são 200 mil brasileiros portadores do Mal de Parkinson, alerta neurologista

Já são 200 mil brasileiros portadores do Mal de Parkinson, alerta neurologista

Já são 200 mil brasileiros portadores do Mal de Parkinson, alerta neurologista

Compartilhe com amor

O Mal de Parkinson é uma doença de ordem neurológica, crônica e progressiva que resulta na perda de neurônios do sistema nervoso médio. A doença atinge principalmente as pessoas com 65 anos ou mais, ou por outra, não tem trato, mas o tratamento e o conhecimento da doença consegue retardar seus efeitos.

De conciliação com a Organização Mundial de Saúde, murado de 1% da população mundial supra dos 65 anos tem a doença e, no Brasil, acredita-se que 200 mil pessoas sofram com o problema. Porquê forma de alerta, nesta segunda (11), é comemorado o Dia Mundial da Conscientização da Doença de Parkinson, a data estabelecida pela OMS tem o intuito de incentivar o justificação a população sobre a doença.

Seus sintomas são variados, tais uma vez que rigidez muscular, tremor, desequilíbrio, constipação intestinal, insônia, subtracção do olfato e outros. Não se sabe as causas da doença, mas algumas pesquisas apontam que pode estar associada a fatores genéticos e até mesmo ambientais, e que a idade é fator de risco.

O neurologista Rafael Camelo, do Hapvida Saúde, esclarece que independente de quem tem ou não a doença, com o passar dos anos os neurônios morrem, no entanto, em quem tem a doença, os neurônios da Substância Negra (responsável pela produção de dopamina no cérebro) são os mais atingidos. “Esses neurônios sofrem degeneração e morte precoce, o que provoca uma deficiência desse neurotransmissor e ocasiona os sintomas”, explica Rafael Camelo.

Por ser uma doença que não tem trato, o tratamento multidisciplinar com medicamentos, fisioterapia, fonoterapia, psicoterapia e seguimento nutricional são fundamentais para prometer a qualidade de vida e diminuir os sintomas. O tratamento cirúrgico também é uma selecção, uma vez que afirma o perito. “Ele visa à destruição ou estimulação contínua de estruturas cerebrais específicas e profundas, relacionadas com o desenvolvimento dos sintomas, melhorando a qualidade de vida dos pacientes”, esclarece o neurologista.

Já são 200 mil brasileiros portadores do Mal de Parkinson, alerta neurologista

Já são 200 mil brasileiros portadores do Mal de Parkinson, alerta neurologista

Famosos que convivem com a doença

O ator global Paulo José descobriu em 1993 que tinha desenvolvido a doença, desde logo não permitiu que a doença se tornasse um proibitivo para realizar seus projetos artísticos. Ele segue participando de filmes, programas de TV, séries e novelas, além de guiar comerciais.

Além do ator brasílico, outros artistas também somam na lista dos portadores do Mal de Parkinson uma vez que o ator Michael J. Fox, planeta de filmes uma vez que De Volta para o Horizonte; Muhammad Ali, a mito do boxe. Quando vivo, o cantor americano Johnny Cash também era portador da doença, Salvador Dalí, assim uma vez que o Papa João Paulo 2º.


Compartilhe com amor
Da Redação

Deixe sua mensagem