• (11) 3522-9515

Núcleo de concussão e Trauma Craniano

Neurologista - Para que Serve o Neurologista

Núcleo de concussão e Trauma Craniano

Compartilhe com amor

O Neurologista SP criou o Núcleo de atendimento para promover o tratamento especializado aos pacientes que sofreram concussão e trauma crânio encefálico. O atendimento do paciente que sofreu trauma craniano inicia na sala de emergência do pronto socorro e passa por vários momentos, em alguns casos é necessária a intervenção cirúrgica e permanência em ambiente de terapia intensiva.

Após a recuperação inicial, muitas vezes o paciente apresenta alterações da esfera cognitiva com confusão mental, agitação, agressividade e perda de memória que comprometem a capacidade funcional do indivíduo e a qualidade de vida do paciente e dos familiares.
Nesta fase da doença o tratamento é baseado na escolha de medicamentos específicos com o objetivo de obter melhora cognitiva, controle dos distúrbios do comportamento, de forma que o paciente se torne apto a participar das terapias de reabilitação neuropsicológica.

O Núcleo Oferece:

  • Avaliação médica com especialistas
  • Avaliação neuropsicológica com foco nos distúrbios provocados pelo trauma craniano
  • Reabilitação cognitiva especializada
  • Avaliação fonoaudiológica
  • Reabilitação dos distúrbios da linguagem
  • Psicólogo especializado no atendimento familiar.
  • Área de atuação

Concussão Neurologistas

Concussão e trauma craniano leve são termos, que se sobrepõe para descrever a mesma doença, causada pelo impacto na cabeça, que afeta o cérebro. Algumas décadas atrás a concussão era vista como um tipo de trauma craniano leve, sem maiores repercussões, atualmente essa ideia mudou, chamando atenção, principalmente para as pessoas que são expostas várias vezes a concussões. A partir desta mudança, a comunidade médica vem avaliando com maior cautela os pacientes que sofreram concussão e foram desenvolvidas orientações específicas para o acompanhamento médico após a concussão. A concussão pode provocar perda da consciência ou sintomas como desequilíbrio, perda temporária da memória, confusão mental, desorientação e crise epiléptica.

Em geral, esses sintomas melhoram em até 7dias.

Alguns pacientes desenvolvem sintomas mais persistentes após a concussão, como náuseas, tontura, cefaleia, visão turva, fadiga e dificuldade para dormir, dificuldade de concentração e alteração da memória. Os pacientes com concussão e sintomas persistentes devem ser encaminhados para avaliação médica e realizar exames de imagem cerebral.

Trauma craniano encefálico

O trauma craniano é a doença neurológica causada pelo impacto na cabeça ou no corpo, que afeta gravemente o cérebro. A cada ano, várias pessoas sofrem trauma craniano, um estudo realizado nos Estados Unidos relatou que cerca de 40% das pessoas vai sofrer, pelo menos, um trauma craniano durante a vida. As causas mais comuns são os acidentes automobilísticos e de motocicletas. O trauma craniano acomete crianças, adultos e idosos e a intensidade pode ser leve e moderada ou grave, sendo que as sequelas neurológicas são proporcionais a intensidade do trauma.

O tratamento dos pacientes é dividido no atendimento de emergência e na fase mais tardia, aonde o risco de vida já foi estabilizado. Nesta fase o paciente poder apresentar alterações do comportamento, com agitação ou agressividade, perda da memória, dificuldade de concentração, além de distúrbios de linguagem. Nesta fase da doença, o atendimento inicia com a avaliação detalhada destes sintomas, que possibilita o tratamento medicamentoso adequado e a reabilitação cognitiva.


Compartilhe com amor
Da Redação

Deixe sua mensagem